▷ 100 Alimentos Sem Carboidratos Para Comer e Não Engordar

▷ 100 Alimentos Sem Carboidratos Para Comer e Não Engordar

Para quem pratica dietas low carb, ou seja, dietas livres de carboidratos ou com carboidratos restritos, conhecer quais são os alimentos que são permitidos para esse tipo de alimentação é fundamental.

Para ajudar você que está procurando pelos alimentos que podem ser inclusos nestas dietas, trouxemos uma lista com 100 alimentos para incluir na sua dieta livre de carboidratos. Confira.

100 alimentos sem carboidratos

  1. Abobrinha;
  2. Acelga;
  3. Agrião;
  4. Água natural ou com gás;
  5. Água tônica diet;
  6. Alface;
  7. Aspargo;
  8. Aves;
  9. Atum;
  10. Azeitonas;
  11. Azeite;
  12. Bacon;
  13. Bacalhau;
  14. Brócolis;
  15. Berinjela;
  16. Camarão;
  17. Café;
  18. Caranguejo;
  19. Carnes em geral;
  20. Cebola;
  21. Caviar;
  22. Cenoura;
  23. Chás diversos;
  24. Chuchu;
  25. Chicória;
  26. Couve;
  27. Cogumelo;
  28. Couve-flor;
  29. Frango;
  30. Espinafre;
  31. Gelatina diet;
  32. Jiló;
  33. Lagosta;
  34. Linguiça;
  35. Manteiga;
  36. Limão;
  37. Mexilhões;
  38. Margarina;
  39. Omelete;
  40. Nabo;
  41. Ostra;
  42. Ovos fritos, mexidos ou cozidos;
  43. Pepino;
  44. Peixes diversos;
  45. Pimentão;
  46. Pimenta;
  47. Queijos industrializados;
  48. Presunto;
  49. Rabanete;
  50. Quiabo;
  51. Repolho;
  52. Rúcula;
  53. Almeirão;
  54. Salaminho;
  55. Maionese caseira;
  56. Sashimi;
  57. Salsa;
  58. Sopa de legumes;
  59. Tomate;
  60. Vagem;
  61. Trident;
  62. Carne de porco;
  63. Carne de boi;
  64. Carne de aves;
  65. Nata;
  66. Copa;
  67. Vagem;
  68. Palmito;
  69. Iogurte desnatado;
  70. Tofu;
  71. Queijo branco;
  72. Peito de peru;
  73. Linhaça;
  74. Aveia;
  75. Farelo de trigo;
  76. Maçã;
  77. Pipoca;
  78. Aipo;
  79. Tangerina;
  80. Melancia;
  81. Melão;
  82. Algas marinhas;
  83. Beterraba;
  84. Abacaxi;
  85. Ameixa;
  86. Amora;
  87. Mirtilo;
  88. Morango;
  89. Abacate;
  90. Carambola;
  91. Framboesa;
  92. Pêssego;
  93. Mamão;
  94. Biscoitos de arroz;
  95. Pão integral;
  96. Castanha de caju;
  97. Abóbora;
  98. Carne moída;
  99. Amêndoas;
  100. Macadâmia.

O que são carboidratos?

Tratam-se de fontes de nutrientes que auxiliam no mantimento das funções do nosso corpo, nos dando energia para executar as nossas atividades diárias. Em termos um pouco mais técnicos, o carboidrato é conhecido como hidrato de carbono e é formado de hidrogênio, oxigênio e carbono.

O nosso corpo faz a absorção desses carboidratos após ocorrer a liberação da glicose na corrente sanguínea. Essa é a forma que o carboidrato age em nosso organismo e promove a energia necessária para nossas atividades diárias.

Nós podemos encontrar essa fonte de energia em muitos alimentos como as frutas, os cereais, o mel, a batata, o arroz, etc.

O que é uma dieta low carb?

A dieta low carb é a dieta onde o consumo dos carboidratos é controlado, eles não são totalmente retirados do cardápio, mas tem seu consumo restringido.

Nesse tipo de dieta, aqueles alimentos que possuem uma grande concentração dos carboidratos são limitados ou então substituídos por aqueles que possuem mais gorduras e proteínas.

Então, não quer dizer que seja uma dieta totalmente livre deles, mas onde o consumo passa a ser regrado e consciente.

Essa é uma dieta muito utilizado em complemento a prática esportiva e para promover a perda de peso.

Vantagens de uma dieta sem carboidratos

Uma dieta neste estilo pode ter inúmeras vantagens, isso porque ao equilibrar o seu consumo de carboidratos você sentirá mudanças positivas em seu organismo e na sua estética física.

  1. A dieta low carb vai te levar a consumir alimentos mais naturais, diminuindo a quantidade de industrializados e processados do seu cardápio diários. Como os hidratos são reduzidos da alimentação, alguns alimentos que costumamos comer e que não são tão saudáveis, serão barrados da dieta, especialmente os famosos fast foods. Dessa forma, o seu organismo vai ficar muito mais saudável, deixando de ter que processar tantos conservantes, o que via melhorar sua saúde e aumentar a energia do organismo.
  2. Você passa a ter hábitos alimentares mais saudáveis, já que passa a ter foco em nutrir-se com alimentos como os grãos, as frutas, as verduras, etc. Ao ingerir esse tipo de alimento, que são muito mais naturais, o seu corpo vai conseguir obter muito mais saúde e energia, além de evitar o desenvolvimento de doenças que são causadas pelos químicos contidos nos alimentos processados.
  3. Você vai conseguir atingir a perda de peso desejada, pois é uma dieta regrada e fácil de ser seguida que pode promover uma grande perda de peso. Poderá ver muitas diferenças de outros tipos de dietas já praticadas.
  4. Além de perder o peso, que geralmente é o principal objetivo das pessoas que aderem esse tipo de dieta, a dieta low carb pode também melhorar a sua saúde, protegendo o coração contra problemas do sistema cardiovascular, diminuindo sintomas da hipertensão, dentre outros muitos benefícios.

Riscos dessa dieta

Assim como todos os tipos de dietas, a dieta loew carb também pode oferecer riscos caso seja feita de maneira incorreta.

Se essa dieta for mantida por longos períodos de tempo, pode acabar provocando uma sobrecarga nos rins e até provocar descalcificação.

Os alimentos que contém muita proteína possuem toxinas que podem causar uma grande perda de água no organismo, o que, a longo prazo, pode acabar culminando em desidratação. É por isso que é importante fazer sempre com consciência dos limites do próprio corpo.

Para quem quer manter a sua saúde, é fundamental que não sejam eliminados os alimentos da sua nutrição diária e sim que a sua ingestão passe a ser reduzida e equilibrada. Quando um alimento é retirado, ele precisa ser substituído por outro que tenha as mesmas funções nutritivas para não prejudicar seu organismo e prejudicar a sua saúde.

A ingestão diária de carboidratos precisa ser moderada, assim como as de calorias, proteínas, etc. É fundamental que a sua dieta seja prescrita por um profissional responsável, que direcione os prazos, defina o cardápio e acompanhe também através de exames clínicos para saber se a sua saúde está em dia.

Para perder peso também é fundamental que sejam praticadas atividades físicas, pois somente a dieta não vai promover grandes resultados sozinha. Exercite-se.

Deixe uma resposta