Como o Café Afeta Seu Cérebro? A Bebida Pode Proteger Sua Saúde De Muitas Formas, diz estudo

Como o Café Afeta Seu Cérebro? A Bebida Pode Proteger Sua Saúde De Muitas Formas, diz estudo

Se você sempre quis dar um impulso ao seu cérebro na preparação para um grande teste ou uma apresentação importante no trabalho é provável que você tenha tomado uma xícara de café (ou três) para dar à sua mente aquela força extra. 

A maioria dos meus dias de faculdade foram gastos em um estado de cafeína constante, se estou sendo honesto.

Mas o seu café favorito não é apenas benéfico para concentração. 

De acordo com uma nova pesquisa, a maneira como o café afeta seu cérebro é nada menos que incrível.

Tanto a curto quanto a longo prazo, a bebida pode aparentemente manter sua mente forte, saudável e até mesmo proteger do desenvolvimento de certas doenças.

Pesquisadores do Instituto do Cérebro Krembil, em Toronto, estudaram como o café leve, escuro e descafeinado pode afetar o cérebro das pessoas durante um período de tempo. 

Os resultados, são um pouco complicados de entender, mas no geral, os resultados demonstraram benefícios para ambas as variedades de café torrado escuro, independentemente dos níveis de cafeína – ou seja, se você é sensível à cafeína, você ainda pode aproveitar os benefícios da bebida.

Então, aqui está como esse impulso cerebral parece funcionar, de acordo com a pesquisa: Durante o processo de torrefação de café, surgem compostos chamados fenilindanos.

Os fenilindanos são importantes porque ajudam a prevenir a formação de fragmentos de proteínas que, a longo prazo, podem potencialmente levar ao desenvolvimento da doença de Alzheimer e Parkinson.

Ainda mais fascinante é o fato de que esse fenômeno protetor é totalmente natural. “A Mãe Natureza é uma química muito melhor do que nós e a Mãe Natureza é capaz de produzir esses compostos”, disse o Dr. Donald Weaver, co-diretor do Instituto do Cérebro Krembil, em um comunicado.

Além do mais, os benefícios de estimular o cérebro com café certamente não terminam em ajudar a prevenir a doença de Alzheimer e Parkinson.

O café também pode ajudar seu cérebro a melhorar o processamento de informações a longo prazo. 

Para um estudo, os pesquisadores deram 200 miligramas de cafeína (o que equivale a cerca de duas xícaras de café) para 60 participantes que não bebem regularmente café para ver como isso afetou o fluxo sanguíneo para seus cérebros.

De acordo com os resultados, as pílulas de cafeína causaram mais atividade cerebral no córtex pré-frontal, no estriado lateral, no córtex visual e na área motora do cérebro.

Essas áreas, de acordo com a pesquisa, relacionam-se com sua atenção, vigilância e função motora, portanto, se você deseja aprimorar seu poder cerebral, seu hábito de café expresso pode resolver o problema.

Deixe uma resposta