Quem você levaria se só tivesse espaço para só mais uma pessoa?

Quem você levaria se só tivesse espaço para só mais uma pessoa?

Um exercício para testar sua capacidade criativa.

Você está dirigindo seu carro de dois lugares em uma terrível noite de tempestade. Você passa por um ponto de ônibus onde três pessoas estão esperando:

  • Uma velha que está muito doente.
  • Um velho amigo que salvou sua vida uma vez.
  • O homem ou mulher ideal dos seus sonhos.

Quem você levaria no carro, considerando que você só tem espaço para um passageiro?

Obs: Pense na sua resposta antes de continuar

Esse dilema foi usado como evidência para a entrevista de emprego de uma empresa famosa.

Você pode levar a pobre avó doente porque não vai deixar ela morrer.

Ou seria melhor agradecer a seu amigo por ter salvado sua vida há alguns anos?

Mas… pode ser a oportunidade de encontrar o amor da sua vida.
Dos 200 candidatos para o cargo oferecido, apenas um deu a resposta correta e foi contratado.

Responda que uma pessoa que pensa linearmente daria:

Eu pensaria em levar a velha, talvez meu amigo entendesse que a velha precisa mais minha ajuda do que ele, e o homem ou mulher perfeita não existe.

Resposta que uma pessoa que pensa lateralmente daria: 

Eu saía do carro, dava as chaves ao meu amigo e pedia a ele o favor de pegar a velha enquanto fico esperando o ônibus com a mulher ou o homem dos meus sonhos.

Uma pessoa que pensa linearmente, ao executar este exercício, não é concebida para sair do carro, pois está tão concentrada pensando que uma das duas pessoas que devem entrar no carro deve ser ele, deixando a oportunidade de ter ao lado dele, seu parceiro ideal.

Uma pessoa com pensamento lateral quebra os paradigmas de sua cabeça e, ao deixar as diretrizes, sempre encontrará soluções criativas para qualquer problema que possa surgir.

Reflexão:

Criatividade não tem regras. Talvez, a partir de agora, você encontre outras maneiras de resolver seus problemas, usando uma maneira mais criativa de ver as coisas e tentando ver essas possibilidades ocultas dentro do mesmo problema.

Deixe uma resposta